Identidade Camuflada

 Existe um único padrão… [?]

Vivemos em um mundo em que os habitantes se propõem a serem usados como um produto, usando o corpo como‘’cabide de anúncios’’ Isso também acontece na preservação do corpinho, a fim de obter um padrão de beleza.

Pessoas deixam de demonstrar sua verdadeira personalidade para se sentirem ‘’dentro da moda’’. Para muitas pessoas  estar na moda representa não ser descriminados, mesmo que para isso tenham que se camuflarem

Outros desafios que os habitantes do mundo critico de  hoje enfrentam é o corpo,que é protegido de produtos gordurosos,artificiais e entre outros,durante as três estações para que no verão possam desfilar nas areias,enquanto os gordinho são obrigados a se esconderem

O preconceito vem crescendo cada vez mais, muitas vezes pessoas com roupas mais simples, pessoas gordinhas… São inferiorizadas a pessoas bem vestidas e pessoas magras. Geralmente pessoas gordas são vistas com menos capazes na hora de uma vaga no mercado de emprego, perdendo a vaga para uma pessoa forte, sarada e bem vestida

Devemos rever nossos princípios ,vivemos em um planeta em que a ‘’pele de anúncio’’ ou seja a roupa,o corpo valem mais do que a própria identidade .Enquanto nos ocultamos,para não sermos julgados ,capitalistas enchem o bolso


                            

Carnaval sem violência

Olá, leitores

Como todos sabem hoje é domingo de carnaval, e aí vamos s curtir na paz, sem violência e com responsabilidade? É isso aí, sabemos que nessa época, as pessoas agem por impulso, e muitas vezes acabam pagando por seus atos… Por isso algumas dicas são essenciais

Umas das dicas são:

Primeiro-*Se beber não dirija:

Segundo-*Use o cinto de segurança:

Terceiro*Use proteção

Quarto*Não brigue

                        

 

 

Apenas curta o seu carnaval, com felicidade e amor. De modo que todos possam curti e aproveitar esses 3 dias de folia…. Afinal não vale apena  perder  essa bela comemoração por causa de uma briga ou uma ação mal  pensada …….

Aqui é Carolina ,escrevendo no Isso Não é Bullying…

Verdadeiros Problemas

Será ,que realmente temos grandes problemas [?]  

                                                                                                                                                                                                                                                   
       
   
                                                                   
                                                                           
Uma lição de vida

Muitas vezes me pego reclamando da vida e, muitas vezes não estou com  razão. Afinal, são apenas problemas banais, insignificante. Mas, mesmo, assim, não me dou conta de que tenho uma vida perfeita, pois não passo necessidades. Nem sempre, contudo, percebemos que existem problemas maiores do que os nossos.

Um dia destes, que parecia ser com os outros, deparei-me com uma situação difícil: um homem estava empurrando, numa cadeira de rodas, uma menina de seus quatro anos de idade que tinha paralisia e um sorriso, que me prendeu a atenção por alguns segundo, estampada no rosto. O homem, que fazia sinal para todos os ônibus em vão, parecia ser o pai da linda menininha, ele estava acompanhado de uma mulher simples como o resto da pequena família. Todos em volta olhavam-nos como se fossem ‘’mutantes’’, de modo depressivo e penalizado

A reação das pessoas me deixou com raiva e revolta, pois havia sentido na pele, apenas com aqueles olhares, o constrangimento da família. Ao mesmo comecei a pensar sobre as minhas reclamações anteriores. Como aquela menina poderia sorrir passando por aquela situação tão grave? Por alguns segundos, senti-me a pior pessoa do mundo. Com eu poderia ficar zangada por não ter algo e aquela menininha viver tão contente? Somente após muita reflexão, consegui entender o motivo daquele sorriso, porque não adianta nada viver reclamando e se lamentando. Isso não leva ninguém a nada!

Agora pude entender aquele simpático sorriso, o que me levou a outra conclusão:o verdadeiro problema não está no que aquela menina vive, mas, sim, nas outras pessoas que encaram as deficiência dos outros com ignorância e pena, como os deficientes fossem coitadinhos. Só lamento por essa pessoas, pois elas não se dão conta de que os coitadinhos são elas mesma. Enquanto ela sentem pena, em vez de ajudar,pessoas deficientes levam a vida sorrindo…sorrindo e vivendo …

Penso que os que os verdadeiros deficientes são aqueles que não sabem reconhecer e ajudar o próximo e apenas os encaram de modo negativo. Esse não sabem viver.Mesmo andando,vendo e ouvindo,muitas pessoas não se dão conta do que é verdadeiramente importante …viver.E aquela simples,simpática e feliz menininha,mesmo sem andar,consegui dar um sorriso.Para mim isso é importante viver …

Aqui é,Carolina escrevendo no Isso Não é Bullying……

MMA, a nova ‘’febre’’ no Brasil

O QUE NOS LEVA A LUTAR [?]…

           Venho pensando sobre o assunto há bastante tempo, o que leva uma pessoa a se tornar lutador de Luta Livre? Talvez o sucesso, o dinheiro, a fama ou simplesmente o gosto pela luta?

            Essa tais pessoas fazem qualquer coisa em busca do seu sucesso, elas expões as suas próprias vidas em risco para alcançar o seu objetivo, mesmo que seja desmaiar o seu adversário…

          Acho tal luta de tamanha violência, pessoas espancam outras dentro de um ringue só pra obter fama, sucesso, dinheiro… Acho essa luta um pouco banal, de certa maneira que ela influência a violência tanto do lado de dentro do ringue, tanto do lado de fora.

          Estou muito preocupada  com a valorização dessa luta por parte da população,dados comprovam que em pouco tempo o MMA ira tomar o lugar o do nosso querido futebol. Cada vez mais as pessoas valorizam coisas que diminuem o outro, coisas violentas,coisas que desvalorize o ser humano.

          Outra coisa que me deixa indignada é o salário de um lutador e o apoio da nossa população, centenas de pessoas lotam arquibancadas para verem  dois homens se batem ,se espancarem. Mas o que mais me dá raiva são os seu altíssimos salários que são em média  337 mil, enquanto professores que nos ensinam a ler e a escrever, médicos que salva as nossas vidas, policiais que garantem a nossa segurança….ganham, salários miseráveis.

A Posição do Sol na Via Láctea

Como vocês sabem  a cada 28 dias, aproximadamente, a Lua completa uma volta ao redor da Terra, e que também a  Terra, junto com a Lua, executa o movimento de translação ao redor do Sol, que leva 365 dias para ser completado.  É importante lembrar que não só a terra que gira em torno do sol, mas todos os planetas, Luas, asteróides e satélites também realizam esse movimento.

O que quase ninguém sabe, é que o Sol é capaz de girar em torno de si próprio, e muito menos que circunda algo muito distante de nós . O centro da Via Láctea, ao redor onde o Sol e mais de 200 bilhões de estrelas giram.

A Via Láctea inteira descreve um movimento de rotação ao redor de um ponto central, mas a velocidade do deslocamento de seus componentes não são todas iguais. A velocidade de deslocamento da estrela varia de acordo com a distancia do centro da Via Láctea, quanto mais perto mais rápida é a sua velocidade A orbita do nosso Sol descreve  em torno da Via Láctea é  praticamente circular e sua velocidade de translação é de 225 km por segundo. Para que o Sol complete uma volta completa em torno da Galáxia ele leva cerca de 200 milhões de anos.  A idade da nossa estrela é de 4.5 bilhões de anos, por isso, podemos afirmar que desde da  sua existência, o Sol já deu 22 voltas ao redor da Galáxia.

Braços

A Via Láctea é uma galáxia espiral formada por 4 braços maiores – Perseu, Norma, Crux-Scutum e Carina-Sagitário – e os braços menores de Órion e Cignus.

Atualmente, o Sol ocupa uma posição na periferia da Via Láctea, conhecida como Braço de Orion, distante cerca de 27 mil anos-luz do centro da nossa Galaxica

Até 1953 os astrônomos não sabiam da existência dos braços da Via Láctea;pois a observação da estrutura espiralada era obstruída pela poeira estelar, além da dificultade,pois era realizada dentro da própria Galáxia. Até o ano de 2008 os cientistas acreditavam que a Via Láctea possuía os 4 braços já mencionados, mas dados fornecidos pelo telescópio Spitzer ,que vem  mudando essa concepção.

Segundo o modelo proposto pelo astrofísico Robert Benjamin, da Universidade de Wisconsin, a via Láctea possui apenas dois braços principais: Perseus e Scutum-Centaurus, sendo os demais braços reclassificados como braços menores ou ramificações. Centaurus e Perseus contêm uma enorme concentração de estrelas jovens e brilhantes.

Como vimos, a Via Láctea é classificada como sendo uma galáxia espiral e seus braços giram em torno do núcleo à semelhança de um grande cata-vento. Em seu interior, nosso Sol não passa de um minúsculo grão de areia a vagar pelo Universo.

Como podemos perceber o Sol dentro do contexto Universo não passa de um grão de areia ,o que nos leva a pensar , o que nós humanos significamos comparado a esse imenso e espetacular  lugar onde tudo e todo habitam,vagam…

Enfim acho que todos acabam chegando a seguinte conclusão ,que nesse enorme e maravilhoso mundo nós humanos somos simplesmente nada

Vejam as comparações abaixo ,reflitam e vejam se vocês não concordam comigo

1 Vesta (asteróide)                                      A Cabeça de alfinete

2 Lua                                                                 B Área central do campo de futebol

3  Júpiter                                                         C Bolinha de gude

4  Sol                                                                  D Órbita da Terra

5  Antares (estrela super gigante)          E Cidade de Belo Horizonte

6  Estrela de nêutrons                                 F Vaca

7 Aglomerado das Plêiades                      G Bola de tênis

8 Via Láctea                                                     H Júpiter

Se você pensou assim( 1c-2g-3f-4b-5e-6a-7h-8d),você acertou!!!

Ah já ia quase me esquecendo ,os humanos comparado ao Universo são…

  

                        NÃO,  É  MUITO GRANDE

PERTO DOS HUMANOS ,ISSO É UMA PRÉDIO DE 30 ANDARES

 
       AH ESSE AÍ DÁ UNS 500 HUMANOS

 

  ACHEI ESSE AÍ É COMO AGENTE E VISTO DE CIMA…PC : ESSA IMAGEM FOI AUMENTADA 100 MIL VEZES POR COMPUTADORES

 

       *EU SOU CAROLINA REGUFE  ,   PUBLICANDO NO  ISSO NÃO É BULLYING*

Leiam e reflitam…

* A vida é uma estrada de  muitas surpresas, obstáculos e sem retorno*

*A coragem não é a ausência, mas sim o seu domínio*

*Os amigos são pessoas insubstituíveis, que moram dentro do peito*

                            *Viva cada segundo do  seu dia*

Dez anos se passaram


Há dez anos uma terrível tragédia ocorreu. No dia 11 de setembro de 2001, dois jatos foram seqüestrados por terroristas, com milhares de litros de combustível acabando com a vida de vários norte- americanos.

Naquela mesma manhã mais dois jatos foram seqüestrados um caiu no Pentágono e o outro caiu em um campo graças à coragem dos passageiros que lutaram contra os terroristas. O resultado dessa covarde ação foi de 2.996 mortos.

Na guerra não há vencedores, pois sempre se perde vidas, os ataque, atentados e etc ,só acentuam mais as desgraças. Ninguém vai à guerra e volta igual, pois a guerra deixa feridas externas que demoram a se curar, mas pior que isso deixa as internas que nunca se cicatrizam…

                                                                                                                                                                                                                                                                

                  ‘’A vida é o bem mais precioso ‘’

CAROLINA REGUFE

Apresentando-me

   Olá, pessoal.

Meu nome é Carolina e nesse blog eu postarei  frases e  textos  críticos, informativos polêmicos  e irônicos ,também divulgarei  a novidades e curiosidades do mundo. Minha intenção é fazer com que o leitor reflita sobre os meus posts.

   Sobre mim sou bastante agitada e adoro descobrir e refletir sobre as coisas.  Amo escrever, criar e desenvolver o meu próprio pensamento sobre as coisas.


                             Em breve nos veremos,afinal isso não é Bullying